fechar
...

Quem inventou o Eletrodoméstico Mais Indispensável??

CASA
10.9.2020
Pense em todas as viagens e aventuras de verão, quando os sucos de frutas gelados e refrescantes se transformaram em uma bebida quente por causa das altas temperaturas. Ou, em vez disso, no alívio de um gole de água fresca em um dia escaldante.

Todo esse prazer é possível graças a um eletrodoméstico indispensável, o refrigerador, que mantém os alimentos frescos por dias ou até semanas e nos proporciona um delicioso sorvete em um dia quente de verão. Ele também evita a propagação de muitas doenças que são transmitidas através dos alimentos, pois o crescimento das bactérias diminui em temperaturas mais baixas.

A história do refrigerador é particularmente fascinante porque os primeiros registros de resfriamento datam de mais de 3.000 anos atrás - mesmo então, as pessoas sabiam, claramente, que certos alimentos deveriam simplesmente ser mantidos em um lugar fresco.

Como começamos efetivamente a resfriar nossos alimentos?

Já no ano 1.000 a.C., os chineses faziam gelo para manter os alimentos frescos, e 500 anos depois, os egípcios e os indianos transformavam a água em gelo dentro de potes de barro nas noites frias. Os gregos, romanos e hebreus armazenavam neve em cavernas e a cobriam com vários materiais isolantes para garantir sua preservação pelo maior tempo possível. No século 17, em diferentes lugares da Europa descobriu-se que o sal dissolvido na água criava condições de resfriamento e, consequentemente, também era utilizado para fazer gelo. Os europeus coletavam gelo no inverno, colocavam sal sobre ele e o armazenavam no subsolo por meses. Posteriormente, passaram a fazer caixas de madeira revestidas de estanho ou zinco e materiais isolantes, como cortiça, serragem ou algas marinhas, para depois encher com gelo e colocar dentro os alimentos que queriam manter frescos.

Uma versão moderna do refrigerador - resfriamento artificial

Como armazenar gelo era muito conveniente, logo surgiu a necessidade de um processo de resfriamento ainda mais amplo e simples. Como resultado, cientistas de todo o mundo tentaram tornar essa tarefa doméstica uma pouco mais fácil. A primeira pessoa que conseguiu fazer isso foi o escocês William Cullen, que em 1748 inventou o resfriamento artificial por meio da absorção do calor do ar circundante. 

Caixas Térmicas

Um aparelho de resfriamento de verdade não foi introduzido no mercado até pouco menos de 100 anos depois, mas naquela época, os refrigeradores não eram tão amplamente utilizados em casas particulares como hoje, porque sua produção era muito cara para se adequar ao uso diário em uma casa de família comum. Então, as pessoas armazenavam alimentos perecíveis em simples caixas de madeira que continham blocos de gelo e eram feitas de materiais isolantes, o que explica a origem da expressão “caixa térmica”, que ainda hoje usamos. 

O papel fundamental no desenvolvimento do refrigerador moderno foi desempenhado pelo cientista alemão Carl von Linde que, ao inventar o procedimento de liquefação de gás, influenciou significativamente o progresso subsequente nos aspectos técnicos e químicos do processo de refrigeração. Ele também possibilitou que os refrigeradores se tornassem equipamentos padrão em residências particulares comuns.Suas descobertas levaram à invenção do primeiro refrigerador confiável e eficiente, que usava gás amoníaco comprimido. O primeiro refrigerador para uso doméstico foi introduzido no mercado no início do século 20, mas o grande avanço aconteceu nos anos 1950, quando cerca de 80% dos lares americanos possuíam um refrigerador. Esta era foi realmente muito especial, porque também gerou a história de uma das mais importantes empresas eslovenas e mundiais.

A história da eslovena Gorenje

Tudo começou na primavera de 1950, em uma pequena oficina onde uma equipe ambiciosa e determinada de jovens entusiasmados começou a produzir eletrodomésticos. Eles provavelmente não ousavam sonhar que algum dia aquele projeto se tornaria uma empresa com alcance mundial. Somando-se sua história de 70 anos, mais de 50.000 funcionários já passaram pela Gorenje desde aquela época.
Um começo fazendo fogões

Em 1958, a Gorenje começou a fazer fogões e fornos a combustível sólido chamados “Tobi”, mas a produção logo mudou o foco para modelos elétricos. A Gorenje começou a expandir sua rede em 1965, quando, como primeiro fornecedor de lavadoras de roupa da então Iugoslávia, começou a fabricar as primeiras lavadoras automáticas licenciadas para a marca italiana Rex Zanussi e, apenas dois anos depois, iniciou a produção para sua marca própria. A equipe logo percebeu que uma oferta de eletrodomésticos não seria completa sem dispositivos de resfriamento. Na década de 1960, então, começou a produção improvisada de um compressor de refrigeração projetado a partir de um refrigerador francês.

A equipe percebeu a importância de um serviço de reparo de excelência

Os eletrodomésticos eram motivo de incômodo em muitos lares, porque as pessoas não tinham muita informação sobre seus aspectos técnicos. Por isso, a Gorenje estabeleceu um serviço de reparo flexível e progressivamente planejado. O serviço concentrou-se em estabelecer e cultivar contatos genuínos com seus clientes, o que se revelou um modelo de negócios marcante e indispensável, uma vez que a Gorenje é, ainda hoje, conhecida por sua capacidade superior de resposta e atenção aos clientes.

Não apenas tecnologia, um design autêntico

A Gorenje sempre foi conhecida por seu design próprio e por suas parcerias regulares com designers mundialmente conhecidos. No ano 2000, foi a primeira empresa do setor a começar um projeto de colaboração com o aclamado estúdio italiano de design Pininfarina. A partir de então, a Gorenje convidou outros nomes de destaque mundial do design para trabalhar em projetos incríveis, como, entre outros, Karim Rashid, Ora-Ïto, Nika Zupanc e Philippe Starck. A Gorenje também se uniu à marca Volkswagen para produzir os famosos modelos de refrigerador Gorenje Retro Special Edition. Desde cedo, a equipe percebeu a importância da questão estética e, por isso, criou, há 50 anos, um departamento de design interno. Como o principal objetivo da Gorenje era um design de fácil utilização, foi natural começar a trabalhar em conjunto com os principais estúdios de design do mundo.

Alimentos frescos significam ser saudável e feliz

Os maiores inovadores mundiais já sabiam, há 3.000 anos, como alimentos frescos são importantes para nossa saúde e bem-estar. Graças a descobertas inovadoras de importantes cientistas como Cullen e Linde, podemos armazenar alimentos por várias semanas sem preocupação. E nós, eslovenos, também podemos nos orgulhar de uma empresa que reúne produtores de refrigerador de nível internacional, a Gorenje - uma empresa que participou de inúmeros projetos inovadores em escala mundial e em todas as áreas de eletrodomésticos.

Sem gelo. Sem problemas.

Sem gelo: Esqueça o acúmulo de gelo nas paredes do interior do seu refrigerador combinado. Acabou a necessidade de descongelar e limpar frequentemente o seu aparelho. Além disso, como não há mais acúmulo de gelo, o consumo de energia permanece baixo.

Mais espaço: Diga adeus ao gelo acumulado que impede a visão de seus produtos congelados e ocupa um espaço precioso. A partir de agora, você pode desfrutar da visão “livre de gelo” do interior do seu freezer.


Você também pode gostar: