fechar
...

Arquivo de notícias

Quinta-feira, 10. Setembro 2020

A história da eslovena Gorenje

A história da eslovena Gorenje

Tudo começou na primavera de 1950, em uma pequena oficina onde uma equipe ambiciosa e determinada de jovens entusiasmados começou a produzir eletrodomésticos. Eles provavelmente não ousavam sonhar que algum dia aquele projeto se tornaria uma empresa com alcance mundial. Somando-se sua história de 70 anos, mais de 50.000 funcionários já passaram pela Gorenje desde aquela época. 

Um começo fazendo fogões

Em 1958, a Gorenje começou a fazer fogões e fornos a combustível sólido chamados “Tobi”, mas a produção logo mudou o foco para modelos elétricos. A Gorenje começou a expandir sua rede em 1965, quando, como primeiro fornecedor de lavadoras de roupa da então Iugoslávia, começou a fabricar as primeiras lavadoras automáticas licenciadas para a marca italiana Rex Zanussi e, apenas dois anos depois, iniciou a produção para sua marca própria. A equipe logo percebeu que uma oferta de eletrodomésticos não seria completa sem dispositivos de resfriamento. Na década de 1960, então, começou a produção improvisada de um compressor de refrigeração projetado a partir de um refrigerador francês.

A equipe percebeu a importância de um serviço de reparo de excelência

Os eletrodomésticos eram motivo de incômodo em muitos lares, porque as pessoas não tinham muita informação sobre seus aspectos técnicos. Por isso, a Gorenje estabeleceu um serviço de reparo flexível e progressivamente planejado. O serviço concentrou-se em estabelecer e cultivar contatos genuínos com seus clientes, o que se revelou um modelo de negócios marcante e indispensável, uma vez que a Gorenje é, ainda hoje, conhecida por sua capacidade superior de resposta e atenção aos clientes.

Não apenas tecnologia, um design autêntico

A Gorenje sempre foi conhecida por seu design próprio e por suas parcerias regulares com designers mundialmente conhecidos. No ano 2000, foi a primeira empresa do setor a começar um projeto de colaboração com o aclamado estúdio italiano de design Pininfarina. A partir de então, a Gorenje convidou outros nomes de destaque mundial do design para trabalhar em projetos incríveis, como, entre outros, Karim Rashid, Ora-Ïto, Nika Zupanc e Philippe Starck. A Gorenje também se uniu à marca Volkswagen para produzir os famosos modelos de refrigerador Gorenje Retro Special Edition. Desde cedo, a equipe percebeu a importância da questão estética e, por isso, criou, há 50 anos, um departamento de design interno. Como o principal objetivo da Gorenje era um design de fácil utilização, foi natural começar a trabalhar em conjunto com os principais estúdios de design do mundo.